A Cachoeira do Paquetá e Sua Paradisíaca Borda Infinita em Ilha Bela

Sobre Cachoeira do Paquetá

Cachoeira com borda infinita, escorregador natural e bela vista para o mar? Isso existe? Onde fica?

Isso mesmo, talvez você nunca tenha ouvido falar, mas a Cachoeira do Paquetá ganhou fama assim que os moradores locais de Ilhabela começaram a publicar fotos de lá usando a hashtag #secretpoint. Desde então, a procura pelo local aumentou e, com isso, o #secretpoint já não é tão mais secreto assim.

Mas sem dúvida, é um dos mais belos lugares para conhecer em Ilhabela, sobretudo, a região no entorno também tem outros ótimos atrativos para você visitar.

Por exemplo, o Ribeirão do Bexiga é repleto de gigantescos poços naturais de fácil acesso, sendo o primeiro deles logo no início da trilha, após uns 15 minutinhos de caminhada, e pede uma parada para um banho daqueles de lavar a alma.

Depois disso, se quiser descobrir a famosa Cachoeira do Paquetá e apreciar a bela vista mostrada nas fotos, basta seguir pela trilha por um trecho mais íngreme, de dificuldade média, até chegar à base da cachoeira e depois, ainda, você pode subir até o topo, curtir todo o visual que ela oferece, e deslizar pelo escorregador natural de pedra e cair dentro da piscina de borda infinita no meio da cachoeira.

Como chegar à Cachoeira do Paquetá?

Para chegar à Cachoeira do Paquetá, siga pela estrada no sentido sul de Ilhabela até o bairro Ribeirão, que fica entre a Praia Grande e a Praia do Curral.

Procure pela Rua Nagib Pombo, continue por ela até chegar em uma casa que divide a rua. Siga pela rua da esquerda e procure por um lugar para estacionar o carro, se for o seu caso. Há estacionamento particular no local.

A partir deste ponto, você deve encontrar uma simples placa de madeira, feita por moradores locais, demarcando o início da trilha para a Cachoeira do Paquetá. No entanto, a trilha possui alguns trechos difíceis, com obstáculos, e não é recomendada para pessoas com dificuldade de locomoção.

Como já foi dito, o primeiro poço para banho é bem próximo do início da trilha, e você chega nele em aproximadamente 15 minutos de caminhada. A partir daí, atravesse o poço pelas pedras para o lado direito e siga a trilha para cima em direção à Cachoeira do Paquetá. Tenha muita atenção e cuidado para não se machucar ao atravessar o rios pelas pedras.

Também, tenha muito cuidado para não danificar as mangueiras de captação de água ao longo da trilha, elas abastecem as casas da região e um mínimo de descuido pode deixar todas sem abastecimento de água. 

Quando chegar na base da Cachoeira do Paquetá, não deixe de subir até o topo para curtir o belíssimo visual.

No meio da cachoeira é onde fica o poço com borda infinita e um escorregador natural de pedra, onde as pessoas escorregam e tiram belíssimas fotos.

Sabe aquela cachoeira com borda infinita e vista para o mar em Ilhabela? O nome dela é Cachoeira do Paquetá

A Cachoeira do Paquetá ficou famosa depois que os moradores locais de Ilhabela começarem a postar fotos de lá com a hashtag #secretpoint. A partir daí, todos queriam conhecer e tirar sua foto na incrível cachoeira com borda infinita e vista para o mar. É um belo lugar pra fazer aquela foto que vai bombar no seu Instagram, mas não esqueça de curtir a real beleza daquilo tudo.

É, sem dúvida, uma das vistas mais bonitas de Ilhabela, mas o local tem muito mais atrativos para os visitantes. O Ribeirão do Bexiga é repleto de gigantescos poços naturais, o primeiro deles é logo no começo da trilha e de fácil acesso, vale uma parada para um banho daqueles de lavar a alma! Aí, depois disso, se quiser conhecer a vista famosa das fotos, é só seguir pela trilha por um trecho mais íngreme até chegar no topo.

Como Chegar à Cachoeira do Paquetá

Dirija pela estrada sentido sul da ilha até o bairro do Ribeirão (um pouco após a Praia Grande e antes da Praia do Curral). No GPS, coloque “Rua Nagib Pombo, 1 – Ribeirão”. Suba a rua principal até chegar em uma casa que divide a rua em dias. Siga pela esquerda e estacione o carro. Ali começa a trilha, que é sinalizada por simples placas de madeira, feitas pelos moradores locais.

O primeiro poço é bem próximo do início, após 20 minutos de caminhada. De lá, tomando muito cuidado, cruze o poço pelas pedras para o lado direito e siga a trilha para cima. Também é possível subir pelo lado esquerdo da cachoeira, mas exige um pouco mais de conhecimento da trilha. Cuidado para não pisar e arrancar as mangueiras de captação de água que passam pela trilha, elas abastecem as casas da região e um mínimo de descuido pode deixar todas sem abastecimento de água.

Quando chegar em uma laje de pedra, suba até o topo. O caminho até lá em cima é de média intensidade. Tome muito cuidado! Não fique andando ou tirando fotos na borda do poço, pois um mínimo descuido poderá ser fatal.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s