Trilha Faz. Cascata – Estrada da Bomba

DSCF6596

Esta trilha é puro creme da pirambeira, o início dela se dá pela fazenda cascata e o destino é voltar pela estrada da bomba d`água do SAEE. Apesar da baixa quilometragem, este é um pedal desgastante em razão do terreno acidentado que exige um esforço extra, ainda mais que ter que atravessar piramba abaixo a fazenda cascata, passar por um inevitável e longo brejo, depois de tudo isso, ainda tem a íngreme subida da estrada da bomba pela frente exige um certo esforço, mas cada km mal traçado vale a pena.

O tempo todo de pedal somos contemplados com um visual a volta belíssimo, com as paisagens que Garça tem de melhor, de serra, vales e paredões, um berço de nascentes, aliás mananciais que hidratam a população garcense, pois são das minas dessas redondezas que sai a água que escorre pelas casas da cidade de Garça. Lamentável é que embora tenha aumentado consciência da necessidade de preservação de nossos mananciais, constatamos que muitos nascentes e cursos d`água ainda estão descoberto da necessária mata ciliar, o caminho para reparar os erros do passado é longo, mas necessário.

Um dos pontos altos do pedal, foi que vimos de muito perto um belo tucano exibindo-se para nós, mas infelizmente não foi possível filmá-lo ou fotografá-lo, o que tinha sido um motivo de alegria, mas com uma pontinha de frustração, aliás, não é todo dia que um tucano se exibe para você. Porém, ao final rolê, a providência divina nos foi generosa e nos brindou com um belo casal de tucanos que repousavam tranquilamente em um galho e me deixou fotografar a vontade, apesar de não estar tão próximos como o que havíamos avistado inicialmente, foi possível fazer uma boa foto, que prova que a sentinela do planalto tem sim tucanos nos arredores, o que muitos moradores podem duvidar ou não ter conhecimento.

Já pude presenciar tucanos em vários lugares pedal a fora, mas nunca conseguimos registrar uma foto, desta vez foi possível, embora já tenha avistado no pico do tucano (ao lado direito de quem desce a bomba), na corredeira, próximo a companhia inglesa e mesmo na estrada do bairro da Adrianita,nota-se que é cada vez mais frequente esse encontro. Ou seja, o fato é que a presença de tucanos são mais perceptíveis do que nunca, um bálsamo maravilhoso quando nos deparamos com tanta negligência ecológica por aí.

O processo é lento de recuperação das matas nas margens de rios e nascentes, mas há algo positivo também, se ainda existem muitas nascentes sem a cobertura vegetal devida, por outro lado, existe um movimento de reflorestamento, de plantar uma muda no lugar de uma árvore frondosa que foi arrancada no passado, e que o presente já cobra seu preço, imagine então no futuro. Se hoje a água já não é tão abundante como em outrora, como será daqui 100 anos se continuarmos adotando velhas e esquizofrênicas práticas? A natureza é tão perfeita que até emite sinais de alerta, só não vê quem não quer.

Rudi Arena

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s