Cachoeira do Cipó (ou dos Macacos) – Inédita

 

Desta vez a opção foi pelo Trekking, deixamos a bike de lado e saímos de uma pequena propriedade rural que fica na beira da estradinha de terra conhecida como km 10 localizada entre Garça e Álvaro de Carvalho, com uma grande expectativa de conhecer uma nova cachoeira.

Dá pra ir de bike também, é só querer. É relativamente fácil, mas tem um momento em que é preciso mergulhar pirambeira abaixo até o fundo vale e achar o curso da água, e então seguir sem pestanejar para enfim chegar até uma  bela cachoeira de águas limpas. Um privilégio único conhecer e registrar mais uma incrível cachoeira, o que é uma prova que as redondezas de Garça são fartas de exuberantes belezas.

Logo que chegamos á cachoeira, apareceu um bando de saguis para nos dar as boas vindas com sua algazarra característica. Eram muitos, e até que ficaram um bom tempo ali,  depois foram embora mata a dentro, e então a cachoeira passou a ser só nossa.

O Grande atrativo desta cachoeira é que ela possui um poço profundo que não dá pé, muito bom para banhar-se, mas também existem outros encantos, ela é ideal para brincar com cipó, ir pra lá e pra cá, como se nós tivéssemos voltado a ser crianças. São muitos os cipós pendurados em cima do poço, e é fantástico a resistência deles,  suportam muito peso sem que se rompam, e se acaso escorregar e cair, não tem problemas algum,  o aprendiz de Tarzan vai cair tranquilamente nas águas do poço, não há muito perigo, desde que se saiba nadar, é claro.

DSC03754

DSC03774

DSC03839

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s