Bomba X Torres X Igurê

Descer de bicicleta a Estrada da Bomba (adutora B1) é certeza de adrenalina que aumenta na medida de sua velocidade,  a descida mais íngreme da região, juntamente com a descida de Jafa para estrada 09 de Julho, as bikes podem atingir mais de 60 km o que acaba sendo perigoso, o terreno é acidentado e uma queda pode arrebentar com o ciclista.

Já próximo ao final dela, chega-se na ponte de madeira do córrego do barreiro, seguimos mais um pouco e então subimos um morro em que é impossível pedalar na maior parte do tempo, há uma trilha de pedra muito boa de fazer descendo, mas subindo é bruta demais.

Depois disso, é só sair na direção da estrada de terra que existe próxima as torres da estrada de terra da Adrianita, ao invés de pegarmos esta, preferimos atravessar a rodovia SP-294. Voltamos pela trilha da Igurê paralela a pista, para em seguida ir em direção Terreirão de café da fazenda, o que deu um brinde a mais ao final deste pedal que mistura fortes descidas, subidas idem, visual bonito e vário tipos de terreno.

Trilha de pouca quilometragem (26 km), mas ótima para sentir o doce gosto que a prática do mountain bike pode proporcionar, sem negligenciar é claro suas pitadas de intensidade e momentos de leve amargor.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Rudi Arena

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s