Cachoeira das Araras – Garça-SP – 09-07-2013

Este slideshow necessita de JavaScript.

Este pico é realmente incrível, incrivelmente perto da cidade, e infelizmente, pouco conhecido da maioria dos moradores de Garça-SP. Esta cachoeira de paisagem e horizonte cinematográficos, esta situada entre a última Rua que é a ‘F’ do bairro de chácaras da Adrianita e a Fazenda Canaã.

A distância deste lugar para o centro de Garça é de menos de 5Km, mas nesta trilha o pedal é o que menos fadiga, carregar a bike andando no curso do rio, pedalar em terreno precipitado de pastos, subir morro, ser arranhado por galhos ou espinhos e ainda levar muitas picadas de borrachudos ou até mesmo carrapatos (Micuim), tudo isso acaba cansando muito mais do que o pedal propriamente dito.

Mas ao final, todo o esforço vale a pena, pois a retribuição é poder curtir um horizonte esculpido pela fecunda natureza divina que mostra claramente aos homens, que por mais avançada que seja a intervenção humana e suas obras monumentais, nada do que foi talhado pelos homens, chega aos pés das obras e paisagens que levam a assinatura de Deus. Aliás, essa esplendorosa natureza que nos rodeia, passa na maioria das vezes despercebida.

Por tudo isso, o primeiro passo é ter a consciência de que existe uma natureza vigorosa e exuberante que apesar de muitas vezes não estar a nossa vista, está muito próxima. Só assim podemos criar um ambiente propício para a preservação de toda essa beleza e diversidade natural que existe em nossas cidades. Como seria possível reivindicar uma política ambiental sustentável e preservacionista, se não sabemos ao menos a riqueza da fauna e flora que existe a nossa volta?????

É por isso, e por muitos outros motivos que este Blog existe, e muitas fotografias e vídeos são registrados pela lente do Piramba MTB, pois é preciso divulgar as imagens, para tonar de conhecimento da população, mesmo que a conta gotas, o que existe de rico a preservar na natureza profícua do município de Garça e região. Como é possível querer preservar o que não existe? Ou melhor, o que não sabemos que existe?

Rudi arena

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s